Programação criativa para inventar o futuro

WhatsApp Image 2019-08-25 at 14.52.38

Por Nathalia Curvelo

Se no passado a programação de computadores parecia algo muito difícil, voltado apenas para especialistas em tecnologia, hoje o cenário é bem diferente. Cada vez mais, espera-se que profissionais de diferentes áreas sejam capazes de programar. Para as escolas isso lança um desafio: trazer essa linguagem para a sala de aula, preparando o aluno para essa nova realidade. O assunto foi pauta da palestra de Miguel Fernandes no 12º Congresso Rio de Educação, empreendedor e fundador da Inventos Digitais.

Fernandes citou estatísticas que revelam o tamanho da transformação em curso no mundo. De acordo com projeções do Fórum Econômico Mundial, 65% das crianças no primário hoje trabalharão em empregos que não existem ainda. Já o Institute for the Future prevê que até 2030, 85% das profissões serão novas.

“A escola precisa encontrar formas de fazer o aluno se interessar por tecnologia. A programação pode ajudar o jovem a aprender outras matérias, e não só a programação em si”, explicou.

O empreendedor também reforçou qual seria o grande valor da programação no contexto escolar. “Programar é sobre aprender como ter atitude empreendedora diante de um problema, e como estruturar o raciocínio de maneira lógica. O valor da programação está no processo de aprendizagem”, definiu.

Confira a apresentação completa da palestra do Miguel Fernandes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: